terça-feira, 23 de março de 2010

A grande lição: viver um dia de cada vez




Minha mãe desde que me separei tem me pedido para eu viver um dia de cada vez. Respondi para ela que era impossível, que eu crio expectativa e sou assim.

Hoje passado um ano e um mês, vejo que o conselho de mamãe vale ouro. Acabo reproduzindo aqui o que estou vivendo no momento. A tentativa de não me entregar tanto, de curtir um dia de cada vez sem pensar no futuro. Logo eu que não dou um passo sem estar focada no que eu quero.

Um grande exemplo é que quando entrei na faculdade já sabia todos os cursos que ia fazer. E cumpri. Estabeleço metas e as cumpro. Uma ótima característica que admiro bastante, além de ser positiva profissionalmente. Tenho um pouco de sorte de alcançar objetivos profissionais, sei o que quero, sigo minhas metas e o resto acontece. Não corro tanto atrás.

Agora amorosamente, sou completamente atrapalhada. Sei o que quero, sou focada, mas as coisas não engrenam. E quando fluem, eu simplesmente desisto. Como se o prazer estivesse envolvido apenas na conquista. Não sou tão volúvel como parece com esta última frase. Já tive relacionamento longo, fui casada, mas estes relacionamentos são muito raros na minha vida.

Atualmente estou numa relação iô-iô, que começou quando eu tinha 19 anos. Foi interrompida a primeira vez por sermos completamente diferentes. Anos depois, precisamente ano passado, nestas voltas que a vida dá, nos reencontramos e voltamos. Não deu certo, estava tão focada no que eu queria, e ele não poderia me dar, que desistimos de tudo.

Aí, o destino gosta de pregar peças. Então em janeiro passado nos reencontramos de novo. E acabamos voltando. Sei porque o destino me fez reaproximar dele, tinha uma lição que estou tentando aprender desde que me separei, a tão repetida nesta postagem, viver um dia de cada vez.

Os poucos relacionamentos que tentei manter depois que me separei se assemelhavam pela lição de não criar expectativa. Então não adianta fugir. Esta é a lição da vez.

Vou passar aqui para mostrar como vai ser a evolução desta tentativa.

3 comentários:

Carolina disse...

eu preciso aprender isso tb, viver um dia de cada vez, eu acabo projetando muito os planos e as expectativas e sempre acabo me frustrando. mas como vc disse com o tempo a gente aprende, e depende tb da lição que a vida quer que a gente aprenda né???

um beijo

Alicinha disse...

Por tantas vezes ja me senti assim "Como se o prazer estivesse envolvido apenas na conquista". Mas siga em frente, passo-a-passo.E eu fico aqui acompanhando tudo na torcida!

Gislãne disse...

"não adiantar fugir nem mentir pra si mesmo agora há tanta vida lá fora"
:)