sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Será que um dia eu me perdôo?

Com o passar dos dias fico pensando em culpa. As minhas últimas atitudes foram de só pensar em mim. Quando pensamos demais em nós mesmos, acabamos não nos preocupando com os outros e assim magoamos sem querer.

Eu não consigo deitar minha cabeça no travesseiro sem ficar me remoendo de culpa versus sentimento de prazer. Assim deve se sentir alguém que cometeu um crime. Meu "crime" não dá cadeia. Minha mente me colocou num labirinto, que não consigo fugir e que em cada canto me vejo da pior forma possível.

O monstro que me tornei, a angústia que carrego dia e noite. A bomba que vai explodir a qualquer momento. Serei apedrejada pois não consigo ser feliz como qualquer outra mulher. Se conformar diante da vida que não combina comigo.

Me cansei de ser melancólica, mas por hoje deixo meu desabafo.

2 comentários:

Fofa disse...

Adorei que vc é minha "seguidora"... hahaha
Tenho me identificado demais com as coisas que vc tem escrito...
As vezes dá ate vontade de "copiar" e "colar". Rs

Entendo muito o que vc escreveu...
Mas não acho que deva deixar espaço para culpa... É um momento da vida... Viva ele com intensidade, mesmo que tenha que ser melancolica, ou esse monstro que esta dizendo...
Tudo faz parte de um crescimento que ainda vai fazer de você uma pessoa melhor!
Beijocas

Nade disse...

De blog em blog parei aqui e amei o seu espaço!!!
A linguagem, as idéias (ou ideias) expostas... Muito show!
Olha, com toda certeza, esse vai ser um blog que sempre estarei invadindo pra ver as últimas atualizações...
Parabéns!
Bjs